A linha ténue entre a ficção e a realidade


“Pedro Pinho (Realizador, A Fábrica de Nada): Pela minha experiência, a realidade no sentido do que vivemos, do lemos e vemos, sempre alimenta uma narrativa. Os filmes que fiz foram sempre uma reação a algo que estava a viver ou a ver, fosse um momento, um problema, uma paisagem, ou um ambiente que criou em mim a urgência de filmar. Procuro encontrar uma história que possa me ajudar a organizar o fluxo caótico de impressões e estados mentais que são induzidos por um assunto.”

http://www.tiff.net/the-review/between-fiction-and-reality/