“A Fábrica de Nada” de Pedro Pinho (2017) crítica À Pala de Walsh


“Nada. Tudo. A oposição será evidente, bem sei, mas isso não a torna menos verdade: A Fábrica de Nada (2017) é um daqueles filmes em que o nada é tudo.”

Ler artigo completo